25 de JANEIRO - DIA MUNDIAL DOS LEPROSOS



56º DIA MUNDIAL DE LUTA CONTRA A LEPRA
No dia 25 de Janeiro de 2009, celebra-se o 56º DIA MUNDIAL dos LEPROSOS. Fundado em 1954, é antes de tudo uma FESTA dos LEPROSOS. É um momento ideal para recordar ao mundo que os DOENTES DE LEPRA são seres humanos a quem se deve a dignidade, o respeito e a liberdade.


A origem da lepra confunde-se com a história da humanidade. Das doenças conhecidas, é uma das mais antigas e mais temíveis. Actualmente, existem no mundo mais de 8 milhões de leprosos. Embora esteja erradicada no Continente Europeu, continua a ser um flagelo nos países do Terceiro Mundo.

A lepra é uma doença infecciosa crónica, com um grande período de incubação. Os bacilos, que podem ser milhões, reproduzem-se lentamente. A lepra ataca essencialmente a pele e os nervos. Quando ataca os nervos provoca uma "anestesia" (o doente não sente a dor).

Em 1873, Hansen, um jovem médico norueguês, conseguiu detectar, em matéria orgânica retirada dos doentes de lepra, uns estranhos filamentos que a ciência confirmaria depois como os agentes causadores da doença: os bacilos de Hansen. A descoberta foi de grande alcance histórico e médico.
Descoberta em 1941, a dapsona foi o 1° medicamento eficaz na luta contra a lepra. E outros se seguiram ainda mais eficientes.

Apesar de estarmos no início do terceiro milénio, existe ainda no mundo cerca de 6 a 8 milhões de Leprosos, apesar de 4 a 5 milhões de estarem em tratamento, graças as acções, ao trabalho que as Associações Internacionais exercem no mundo

Hoje a lepra é fácil de tratar. Mas os seus portadores são pobres e não têm dinheiro para os medicamentos.
Daí que continua a ser necessário este Dia Mundial ( o ultimo domingo de Janeiro ) para sensibilizar as populações e os governos para a necessidade de ajudar estes doentes pobres.

Unindo-nos às nossas congéneres na organização do DIA MUNDIAL dos LEPROSOS, a ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE SOLIDARIEDADE MÃOS UNIDAS P. DAMIÃO convida todos os portugueses a olharem sem medo para a Lepra e para os Leprosos, contribuindo generosamente para vencermos a “batalha da Lepra”, porque:

VIVA para que VIVA, a LEPRA tem CURA.

Colabore com as Mãos Unidas P. Damião nesta batalha que é de todos nós.

Os donativos/ajuda, poderão ser efectuados mediante transferência bancária, para a conta bancária: NIB: 0033 0000 00217312 9810 5 do MILLENNIUM / BCP. Poderão ainda ser enviados por cheque ou vale postal para:

ASSOCIAÇÃO MÃOS UNIDAS P. DAMIÃO – PORTUGAL
Apartado 1054 - Rua Gomes Freire, 211 – A/B - 1150-178 Lisboa
Telefone: 21 351 57 20 - .Fax: 21 351 57 27
Site: www.maos-unidas.pt E-mail: geral@maos-unidas.pt

P. DAMIÃO DE VEUSTER, o apóstolo dos Leprosos da Ilha “maldita” do Molokai, viveu a grande experiência do Amor, “fazendo-se” Leproso entre os Leprosos. A ASSOCIAÇÃO MÃOS UNIDAS P. DAMIÃO – PORTUGAL, procura na “linha da frente e na retaguarda”, viver também esta grande experiência, tratando, curando e dando dignidade aos Doentes de Lepra.

Mário Nogueira
Director/Fundador


"Faça-se SÓCIO da Nossa Equipa

e AJUDE-NOS a SALVAR uma VIDA"

*Enviaremos o RECIBO para efeitos de dedução no IRS/IRC, para a morada indicada e mediante comprovativo da doação, caso manifeste interesse em recebê-lo.

Namasté...

Sem comentários: