CAFE DA MANHA NO MACDONALD'S ...




Esta é uma bela história e é também uma história real, por favor, leia-a até o fim!
Sou mãe de três crianças (14, 12 e 3 anos) e recentemente terminei a minha faculdade.

A última aula que assisti foi de sociologia...

O professor dava as aulas de uma maneira inspiradora, de uma maneira que eu gostaria que todos os seres humanos também pudessem ser.

O último projecto do curso era simplesmente chamado "Sorrir"...

A classe foi orientada a sair e sorrir para três estranhos e documentar suas reacções...

Sou uma pessoa bastante amigável e normalmente sorrio para todos e digo oi de qualquer forma. Então, achei que isto seria muito tranquilo para mim...

Após o trabalho ser passado para nós, fui com meu marido e o mais novo de meus filhos numa manhã fria de Março ao Mc Donald's.

Foi apenas uma maneira de passarmos um tempo agradável com o nosso filho...

Estávamos esperando na fila para sermos atendidos, quando de repente todos a nosso redor começaram a ir para trás, e então o meu marido também fez o mesmo...

Não me movi um centímetro... Um sentimento arrebatador de pânico tomou conta de mim, e me virei para ver a razão pela qual todos se afastaram...

Quando me virei, senti um cheiro muito forte de uma pessoa que não toma banho há muitos dias, e lá estava na fila dois pobres sem-tecto.

Quando eu olhei ao pobre coitado, próximo a mim, ele estava "sorrindo"...

Seus olhos azuis estavam cheios da Luz de Deus, pois ele estava buscando apenas aceitação...

Ele disse, Bom dia!, enquanto contava as poucas moedas que ele tinha amealhado...

O segundo homem tremia suas mãos, e ficou atrás de seu amigo... Eu percebi que o segundo homem tinha problemas mentais e o senhor de olhos azuis era sua salvação..

Eu segurei minhas lágrimas, enquanto estava lá, parada, olhando para os dois...

A jovem mulher no balcão perguntou-os o que eles queriam...

Ele disse, "Café já está bom, por favor....", pois era tudo o que eles podiam comprar com as poucas moedas que possuíam... (Se eles quisessem apenas se sentar no restaurante para se esquentar naquela fria manhã de Março, deveriam comprar algo. Ele apenas queria se
esquentar)...

Então eu realmente sucumbi àquele momento, quase abraçando o pequeno senhor de olhos azuis...

Foi aí que notei que todos os olhos no restaurante estavam sobre mim, julgando cada pequena acção minha...

Eu sorri e pedi à moça no balcão que me desse mais duas refeições de café da manhã em uma bandeja separada...

Então, olhei em volta e vi a mesa em que os dois homens se sentaram para descansar... Coloquei a bandeja na mesa e coloquei minha mão sobre a mão do senhor de olhos azuis...

Ele olhou para mim, com lágrimas nos olhos e me disse, "Obrigado!!"

Eu me inclinei, acariciei sua mão e disse "Não fui eu quem fiz isto por você, Deus está aqui trabalhando através de mim para dar a você esperança!!"

Comecei a chorar enquanto me afastava deles para sentar com meu marido e meu filho... Quando eu me sentei, meu marido sorriu para mim e me disse, "Esta é a razão pela qual Deus me deu você, querida, para que eu pudesse ter esperança!!"...

Seguramos nossas mãos por um momento, e sabíamos que pudemos dar aos outros hoje algo pois Deus nos tem dado muito......

Nós não vamos muito à Igreja, porém acreditamos em Deus...

Aquele dia, me foi mostrada a Luz do Doce Amor de Deus....

Retornei à aula na faculdade, na última noite de aula, com esta história em minhas mãos.

Eu entreguei "meu projeto" ao professor e ele o leu...

E então, ele me perguntou: "Posso dividir isto com a classe?"

Eu consenti enquanto ele chamava a atenção da classe para o assunto...

Ele começou a ler o projecto para a classe e aí percebi que como seres humanos e como partes de Deus nós dividimos esta necessidade de curarmos pessoas e de sermos curados...

Do meu jeito, eu consegui tocar algumas pessoas no McDonald's, meu filho e o professor, e cada alma que dividia a classe comigo na última noite que passei como estudante universitária...

Eu me graduei com uma das maiores lições que certamente aprenderei:

ACEITAÇÃO INCONDICIONAL.

Que muito amor e muita compaixão seja enviada a todos que lerem esta mensagem e aprenderem a:
AMAR AS PESSOAS E USAR AS COISAS

E NÃO AMAR AS COISAS E USAR AS PESSOAS...


Autora desconhecida

Namasté...

VIVER E ASSUMIR RISCOS É COMPLICADO ...




Vivemos num mundo de transferências.
Se pudermos, transferimos nossos problemas,
arrumamos culpados pelo nosso fracasso,
transferimos nossa felicidade para outras mãos,
nos transformamos em vítima na primeira dor.
E é difícil não ser assim,
porque viver e assumir riscos é complicado,
é preciso mais do que coragem,
é preciso amar-se de verdade.

Eis ai a chave para a sua libertação:
GOSTE-SE

Sinta prazer de estar em sua companhia!
Saiba de cor e salteado as suas qualidades,
ressalte seus dons, seja sábio:
ouça mais do que fala,
não se compare com ninguém,
tenha metas arrojadas,
tenha em mente o que deseja.

Preste atenção em você, no seu corpo,
cuide dos seus pensamentos,
cuido do seu nível de amor.
Respeite-se!

Tudo começa e termina em você.
Por isso, comemore-se!
Vibre com cada pequena conquista
e não desista de tentar,
quantas vezes a vida pedir, diga:
PRESENTE !
Diga bem alto para a felicidade:
EU ESTOU AQUI !

Sabedoria é seguir tentando,
com respeito, humildade e paz,
sabendo-se merecedor,
a vida lhe reconhecerá assim.


Paulo Gaefke

Namasté...

ARREPENDIMENTO ...




Um belo dia de sol, Sr. Mário, um velho caminhoneiro,chega em casa todo orgulhoso e chama a sua esposa,para ver o lindo caminhão que comprara depois de longos e árduos 20 anos de trabalho.
Era o primeiro que conseguia comprar
depois de tantos anos de sufoco e estrada.
A partir daquele dia, finalmente seria seu próprio patrão.
Ao chegar à porta de casa, encontra seu filhinho de seis anos, martelando alegremente a lataria do reluzente caminhão.
Irado e aos berros pergunta o que o filho estava fazendo e, sem hesitar, completamente fora de si,
martela impiedosamente as mãos do garoto, que se põe a chorar desesperadamente sem entender o que estava acontecendo.
A mulher do caminhoneiro corre em socorro do filho, mas pouco pôde fazer.
Chorando junto ao filho, consegue trazer o marido à realidade, e juntos levam o garoto ao hospital para cuidar dos ferimentos provocados.
Passadas várias horas de cirurgia, o médico desconsolado e bastante abatido, chama os pais e informa que as dilacerações foram de tão grande extensão, que todos os dedos da criança tiveram que ser amputados.
Porém, o menino era forte e resistia bem ao acto cirúrgico, devendo os pais aguardá-lo no quarto.
Ao acordar, o menino ainda sonolento, esboçou um sorriso e disse ao pai:
-Papai, me desculpe. Eu só queria consertar seu caminhão, como você me ensinou outro dia. Não fique bravo comigo.
O pai, enternecido e profundamente arrependido,
deu um forte abraço no filho e disse que aquilo não tinha mais importância.
Não estava bravo e sim arrependido de ter sido tão duro com ele e que a lataria do caminhão não tinha estragado.
Então o garoto com os olhos radiantes perguntou:
- Quer dizer que não está mais bravo comigo?
- É claro que não! – respondeu o pai.
Ao que o menino pergunta:
- Se estou perdoado papai, quando meus dedinhos vão nascer de novo?

Nos momentos de raiva cega, machucamos as pessoas que mais amamos, e muitas vezes não podemos “sarar” a ferida que deixamos.

Nos momentos de raiva, tente parar e pensar em suas atitudes, a fim de evitar que os danos sejam irreversíveis.

Não há nada pior que o arrependimento e a culpa.

Pense nisto
!


Autor desconhecido

Namasté...

SINTONIA ....




Sintonizamos estações de rádio, TV e outras mais.
No aparelho, o show dependerá da sintonia.

Quando pensamos em alguém, é possível que alguém comece a pensar em nós.
Quando duas pessoas escolhem a mesma freqüência, é mais do que um meio ou processo de comunicação, é a própria comunicação estabelecida em sua forma mais pura.

Ao fitar um transeunte por alguns segundos, sem saber porque, este vira-se para ver se alguém o observa.
Alguém está para telefonar, antes do telefone dar sinal de vida, você pensa: vai tocar.
Você diz alguma coisa, alguém responde: "puxa, estava mesmo pensando nisto".

Sintonia...
Tem a ver com intenção.
Ninguém sintoniza um canal que não deseja.
Se dois executivos trocam olhares na confirmação de um propósito, ocorre a sintonia. Se dois amantes pensam em objetivos semelhantes, vibram na mesma freqüência, acontecendo a sintonia.

Na base do verdadeiro querer, muito além do desejar, está a sintonia.
É o tanto querer, daquele sonhador cujo pensamento vibra de tal forma a entrar na freqüência da realização.

É o projetista que cria, o arquiteto que viabiliza, o encarregado que constrói. Todos sintonizados em um mesmo objetivo, são conscientes sonhadores, de pés no chão, transformadores de sonhos em realidade.

Em todas as formas, cores, sentimentos, dimensões e concepções está a opção de sintonizar-se com isto ou aquilo.

A sintonia permite a formação de grupos que aglomeram conforme objetivos em comum: médicos, cientistas, engenheiros, pacifistas, advogados, administradores, técnicos, políticos, etc.

É muito mais do que ter ou não inclinação para qualquer coisa, sintonia, é concretizar antecipadamente pela fé.
Sintonizar-se com algo é mais do que uma opção: uma decisão.

Muitas vezes a vida exige uma sintonia perfeita, pondo em prova a própria fé, na consecução de grandes objetivos.
Quanto mais difícil, maior a conquista.

Mas se a abalada a fé, perde-se a sintonia.
Desvia-se do ideal, passando a vibrar em sintonias aleatórias, sem destino, sem propósito.

Quando bilhões de pessoas sintonizarem cada vez mais o campo vibracional dos bons aspectos da vida qual sera a resposta que virá do Infinito Universo ?

SINTONIA ...


Namasté...

SOBRE OS ANIMAIS ...




Ao longo de toda a história, os animais foram sempre tratados como uma espécie inferior, mas há um aspecto que vocês não conseguem compreender: a lição que os animais dão ao ser humano.

Os animais matam para comer ou para sobreviver.
Não matam por vingança, por inveja ou por partilhas económicas.
Os animais cuidam da terra onde vivem, não destroem os seus habitats.
Os animais reciclam – basta ver um cão a enterrar um osso para o comer depois–, não desperdiçam, não ostentam – uma formiga nunca leva mais do que consegue carregar.
Os animais têm um grande sentido de lealdade, de território e de justiça.
Os animais confundem-se com a natureza, vivem dela e para ela.
Não destroem.
Não violentam.
Não desperdiçam.

O ser humano, através do seu ego, tem uma forte necessidade de se mostrar mais poderoso do que os demais.
Afirma-se, destruindo.
Autonomiza-se, matando.
Mostra-se, diminuindo tudo o que o rodeia.
O ser humano vive fora de si próprio a tentar encontrar-se.
E é nessa tentativa que destrói tudo à sua volta para mostrar que é o mais forte. Ora se algo está realmente dentro de mim, não preciso de mostrar que Sou.
Sou e pronto.
A vantagem de Ser é a de não precisar de exteriorizar isso, e de continuar apenas Sendo.
E quanto mais uma pessoa É,
Mais age como tal e mais o exterior se apercebe disso.

Os animais não mostram nada, não se afirmam, não destroem para provar que são.
São e pronto.
Mais nada.
É o Ser que os faz tão pacíficos.
É claro que há animais violentos, mas isso tem apenas a ver com uma questão de sobrevivência, não com uma atitude destruidora, como a dos seres humanos.
O Homem quer Ter, por isso expande a sua ambição, destruindo tudo à sua volta.
Os animais querem Ser, tornando tudo menos «performático», mais natural.
Aprendam com os animais.
Aprendam a simplicidade de Ser.


Este Jesus Cristo Que Vos Fala 2/ A Lógica do Céu e a Lógica da Terra,
Alexandra Solnado


Namasté...

CODIGO DE ÉTICA DOS INDIOS DO NORTE ...




1
Levante com o Sol para orar.
Ore sozinho.
Ore com freqüência.
O Grande Espírito o escutará se você, ao menos, falar.

2
Seja tolerante com aqueles que estão perdidos no caminho.
A ignorância, o convencimento, a raiva, o ciúme e a avareza, originam-se de uma alma perdida.
Ore para que eles encontrem o caminho do Grande Espírito.

3
Procure conhecer-se, por si próprio. Não permita que outros façam seu caminho por você.
É sua estrada, e somente sua.
Outros podem andar ao seu lado, mas ninguém pode andar por você.

4
Trate os convidados em seu lar com muita consideração.
Sirva-os o melhor alimento, a melhor cama e trate-os com respeito e honra.

5
Não tome o que não é seu.
Seja de uma pessoa, da comunidade, da natureza, ou da cultura.
Se não foi ganhado nem foi dado, não é seu.

6
Respeite todas as coisas que foram colocadas sobre a Terra.
Sejam elas pessoas, plantas ou animais.

7
Respeite os pensamentos, desejos e palavras das pessoas.
Nunca interrompa os outros nem ridicularize, nem rudemente os imite.
Permita a cada pessoa o direito da expressão pessoal.

8
Nunca fale dos outros de uma maneira má.
A energia negativa que você colocar para fora no universo, voltará multiplicada a você.

9
Todas as pessoas cometem erros.
E todos os erros podem ser perdoados.

10
Pensamentos maus causam doenças da mente, do corpo e do espírito.
Pratique o otimismo.

11
A natureza não é para nós, ela é uma parte de nós.
Toda a natureza faz parte da nossa família Terrena.

12
As crianças são as sementes do nosso futuro.
Plante amor nos seus corações e ágüe com sabedoria e lições da vida.
Quando forem crescidos, de-lhes espaço para que cresçam.

13
Evite machucar os corações das pessoas.
O veneno da dor causada a outros, retornará a você.

14
Seja sincero e verdadeiro em todas as situações.
A honestidade é o grande teste para a nossa herança do universo.

15
Mantenha-se equilibrado.
Seu Mental, seu Espiritual, seu Emocional, e seu Físico, todos necessitam ser fortes, puros e saudáveis.
Trabalhe o seu Físico para fortalecer o seu Mental.
Enriqueça o seu Espiritual para curar o seu Emocional.

16
Tome decisões conscientes de como você será e como reagirá.
Seja responsável por suas próprias ações.

17
Respeite a privacidade e o espaço pessoal dos outros.
Não toque as propriedades pessoais de outras pessoas, especialmente objetos religiosos e sagrados.
Isto é proibido.

18
Comece sendo verdadeiro consigo mesmo.
Se você não puder nutrir e ajudar a si mesmo, você não poderá nutrir e ajudar os outros.

19
Respeite outras crenças religiosas.
Não force suas crenças sobre os outros.

20
Compartilhe sua boa fortuna com os outros.
Participe com caridade.



Namasté...

APRENDENDO A ESCREVER NA AREIA ...




Dois grandes mercadores árabes, de nomes Amir e Farid, eram muito amigos e sempre que faziam suas viagens para um mercado onde vendiam suas mercadorias, iam juntos, cada qual com sua caravana, seus escravos e empregados.
Numa dessas viagens, ao passarem junto a um rio caudaloso, Farid resolveu banhar-se, pois fazia muito calor.
Em dado momento, distraindo-se, foi arrastado pela correnteza.
Amir, vendo que seu grande amigo corria risco de vida, atirou-se nas águas e, com inaudito esforço, conseguiu salvá-lo.
Após esse episódio, Farid chamou um de seus escravos e mandou que ele gravasse numa rocha ali existente, a seguinte frase:

"AQUI COM RISCO DE SUA PRÓPRIA VIDA, AMIR SALVOU SEU AMIGO FARID".

Ao retornarem, passaram pelo mesmo lugar, onde pararam para rápido repouso.
Enquanto conversavam, tiveram uma pequena discussão e Amir alterando-se esbofeteou Farid.
Este aproximou-se das margens do rio e, com uma varinha, assim escreveu na areia:

"AQUI, POR MOTIVOS FÚTEIS, AMIR ESBOFETEOU SEU AMIGO FARID".

O escravo que fora encarregado de escrever na pedra o agradecimento de Farid, perguntou-lhe:
- Meu senhor, quando fostes salvo, mandaste gravar aquele feito numa pedra e agora escreveis na areia o agravo recebido. Por que assim o fazeis?

Farid respondeu-lhe:
- Os atos de bondade, de amor e abnegação devem ser gravados na rocha para que todos aqueles que tiverem oportunidade de tomar conhecimento deles, procurem imitá-los e, além disso, para que esses atos não possam ser apagados com o tempo.

Ao contrário, porém, quando recebemos uma ofensa, devemos escrevê-la na areia, próxima as águas para que desapareça, levada pela maré, a fim de que ninguém tome conhecimento dela e, acima de tudo para que qualquer mágoa desapareça prontamente no nosso coração...


Autor desconhecido

Namasté...

PENSAMENTOS POSITIVOS...



Namasté...

PRANA ...




Prana é a energia vital que permeia todo o universo, incluindo a nós, humanos.
Em sânscrito significa “energia absoluta”.
É o princípio de energia ou força, o princípio ativo da vida, ou força vital.
O prana penetra tudo, está em tudo, em toda parte.
Nele está a essência de todo movimento, de toda força, de toda energia, quer seja essa energia a gravitação, a eletricidade ou qualquer outra forma de vida.
É um princípio ativo da natureza que está em toda forma da matéria, mas não é matéria.
Está no ar, mas não é ar, no entanto respiramos o prana como o ar.
O prana é absorvido pelo organismo juntamente com o oxigênio, mas não é oxigênio. Através da qualidade de nossa respiração podemos extrair e armazenar em nosso organismo, mais ou menos prana.
Dessa forma fortalecemos não só nosso corpo físico como também nosso cérebro.
Quanto mais prana armazenamos, mais vitalidade possuímos.
Prana circula por toda parte do sistema nervoso, trazendo-lhe força e vitalidade.
Se levarmos em conta que a maior quantidade de prana que possuímos vem através da respiração, podemos compreender a importância da mesma em nossas vidas.
Prana tem características semelhantes às da corrente elétrica.
O plexo solar é um grande depósito e reservatório de prana.
Nossa força vital possui duas polaridades, uma positiva e outra negativa.
O equilíbrio dessas polaridades promove uma boa saúde e bem estar.
Quando acontece o desequilíbrio, há uma ruptura na harmonia do corpo, uma baixa de nossa freqüência vibratória e nos tornamos vulneráveis a agentes patogênicos que vivem ao redor de nós.
Em resumo, ficamos doentes.
Normalmente, respiramos mal.
Nossas inalações são fracas, provocando a redução da quantidade de oxigênio e a exalação é igualmente deficiente, pois não conseguimos expulsar grande parte do gás carbônico produzido pelo nosso corpo.
Esse gás não expelido se acumula na parte inferior dos pulmões.
Além disso, como o ar é também carregado de prana, a quantidade de ar que inalamos e expelimos tem influência direta em nosso corpo psíquico.
Como você pode perceber, prana é simplesmente a energia promotora da vida!

Fonte - Terra


Namasté...

MAHATMA GANDHI ...





Aprende a aceitar-te e a gostar de ti como és, levando em conta em que estás tratando de te transformar.

Aceita cada dia como se apresente.

Alguém disse:

“Cada dia é como uma esplendida folha em branco pronta para se escrever nela.”

Tens a maravilhosa oportunidade de escrever diariamente tua vida de novo.

Procura preenche-la de pensamentos proveitosos, belos e criativos que contribuam para teu próprio bem estar espiritual e ao dos demais.

Quanto mais concentres a tua mente em Deus, e quanto menos penses em ti mesmo e em teus defeitos, maior será a tua sintonia com Deus e com nosso Guru…

Quando pensas em ti de forma negativa, cultivas e alimentas tua debilidade espiritual, por tanto, não o faças, desaloja tais pensamentos da tua mente.

O passado não te pertence, só o presente e o futuro são teus.

Escreve novos pensamentos e novas ações positivas nas páginas que ainda restam em tua vida.

É importante que recordes isso”.


Palavras de Sri Daya Mata, discípula de Yogananda


Namasté...

SABEDORIA INDÍGENA ...





Um velho índio descreveu certa vez os seus conflitos internos:

“Dentro de mim existem dois cachorros, um deles é cruel e mau, o outro é muito bom e dócil.
Eles estão sempre a brigar.”

Quando então lhe perguntaram
“Qual dos dois cachorros ganharia a briga”.

O sábio índio, refletiu e respondeu

“Aquele que eu alimentar”.



Namasté...

A SABEDORIA ...



Namasté...

A CARTA ...





Ela deu um pulo assim que viu o cirurgião a sair da sala de operações.

Perguntou:

'Como é que está o meu filho? Ele vai ficar bom? Quando é que eu posso vê-lo?'

O cirurgião respondeu:

'Tenho pena. Fizémos tudo mas o seu filho não resistiu.
Sally perguntou:

'Porque razão é que as crianças pequenas tem cancro? Será que Deus não se preocupa? Aonde estavas Tu, Deus, quando o meu filho necessitava?'

O cirurgião perguntou:

'Quer algum tempo com o seu filho? Uma das enfermeiras irá trazê-lo dentro de alguns minutos e depois será transportado para a Universidade.'
Sally pediu à enfermeira para ficar com ela enquanto se despedia do seu filho. Passou os dedos pelo cabelo ruivo do seu filho.

'Quer um caracol dele?' Perguntou a enfermeira.

Sally abanou a cabeça afirmativamente. A enfermeira cortou o cabelo e colocou-o num saco de plástico, entregando-o a Sally.

'Foi ideia do Jimmy doar o seu corpo à Universidade porque assim talvez pudesse ajudar outra pessoa', disse Sally.

No início eu disse que não, mas o Jimmy respondeu:

'Mãe, eu não vou necessitar do meu corpo depois de morrer. Talvez possa ajudar outro menino a ficar mais um dia com a sua mãe.'

Ela continuou:

'O meu Jimmy tinha um coração de ouro. Estava
sempre a pensar nos outros. Sempre disposto a ajudar, se pudesse.'

Depois de aí ter passado a maior parte dos últimos seis meses, Sally saiu do 'Hospital Children´s Mercy' pela última vez.

Colocou o saco com as coisas do seu filho no banco do carro ao lado dela.

A viagem para casa foi muito difícil. Foi ainda mais difícil entrar na casa vazia. Levou o saco com as coisas do Jimmy, incluindo o cabelo, para o quarto do seu filho.

Começou a colocar os carros e as outras coisas no quarto exactamente nos locais onde ele sempre os teve. Deitou-se na cama dele, agarrou a almofada e chorou até que adormeceu.

Era quase meia-noite quando acordou e ao lado dela estava uma carta.

A carta dizia:


'Querida Mãe,

Sei que vais ter muitas saudades minhas; mas não penses que me vou esquecer de ti, ou que vou deixar de te amar só porque não estou por perto para dizer 'Amo-te'. Eu vou sempre amar-te cada vez mais, Mãe, por cada dia que passe.

Um dia vamos estar juntos de novo. Mas até chegar esse dia, se quiseres adoptar um menino para não ficares tão sozinha, por mim está bem.

Ele pode ficar com o meu quarto e as minhas coisas para brincar. Mas se preferires uma menina, ela talvez não vá gostar das mesmas coisas que nós, rapazes, gostamos.

Vais ter que comprar bonecas e outras coisas que as meninas gostam, tu sabes.

Não fiques triste a pensar em mim. Este lugar é mesmo fantástico. Os avós vieram ter comigo assim que eu cheguei para mo mostrar, mas vai demorar muito tempo para eu poder ver tudo. Os anjos são mesmo fixes. Adoro vê-los a voar.

E sabes uma coisa? O Jesus não parece nada como se vê nas fotos, embora quando o vi o tenha conhecido logo. Ele levou-me a visitar Deus! E sabes uma coisa? Sentei-me no colo d'Ele e falei com Ele, como se eu fosse uma pessoa importante. Foi quando lhe disse que queria escrever-te esta carta, para te dizer adeus e tudo mais. Mas eu já sabia que não era permitido.

Mas sabes uma coisa Mãe? Deus entregou-me papel e a sua caneta pessoal para eu poder escrever-te esta carta. Acho que Gabriel é o anjo que te vai entregar a carta.

Deus disse para eu responder a uma das perguntas que tu Lhe fizeste, 'Aonde estava Ele quando eu mais precisava ?' Deus disse que estava no mesmo sítio, tal e qual, quando o filho dele, Jesus, foi crucificado.

Ele estava presente, tal e qual como está com todos os filhos dele.

Mãe, só tu é que consegues ver o que eu escrevi, mais ninguém. As outras pessoas vêm este papel em branco. É mesmo fixe não é? Eu tenho que dar a caneta de volta a Deus para ele poder continuar a escrever

no seu Livro da Vida.

Esta noite vou jantar na mesma mesa com Jesus. Tenho a certeza que a comida vai ser boa.

Estava quase a esquecer-me: já não tenho dores, o cancro já se foi embora. Ainda bem porque já não podia mais e Deus também não podia ver-me assim. Foi quando ele enviou o Anjo da Misericórdia para me vir buscar. O anjo disse que eu era uma encomenda especial! O que dizes a isto?'



Assinado com Amor

de Deus, Jesus e de Mim.


Namasté...

10 APONTAMENTOS PARA A PAZ ...




1. Aprenda a desculpar infinitamente, para que os seus erros, à frente dos outros, sejam esquecidos e perdoados.



2. Cale-se diante do escárnio e da ofensa, sustentando o silêncio edificante, capaz de ambientar-lhe a palavra fraterna em momento oportuno.



3. Não cultive desafectos, recordando que a aversão por determinada criatura é, quase sempre, o resultado da aversão que lhe impuseste.



4. Não permita que o egoísmo e a vaidade, o orgulho e a discórdia se enraízem no seu coração, lembrando que toda a ideia de superestimação dos próprios valores é adubo nos espinheiros da irritação e do ódio.



5. Perante o companheiro que se rendeu às tentações de natureza inferior, deixe que a compaixão lhe ilumine os pontos de vista, pensando que, em outras circunstâncias, poderia você ocupar-lhe a indesejável situação e o lugar triste.



6. Não erga a voz demasiado e nem tempere a sua frase com fel para que a sua palavra não envenene as chagas do próximo.



7. Levante-se, cada dia, com a disposição de ser sem a preocupação de ser servido, de auxiliar sem retribuição e cooperar sem recompensa, para que a solidariedade espontânea te favoreça com os créditos e recursos da simpatia.



8. Esqueça a calúnia e a maledicência, a perversidade e as aflições que lhe dilaceram a Alma, entendendo as suas dores e obstáculos do mundo como as suas melhores oportunidades de redenção.



9. Lembre-se de que os seus credores estão registando a linguagem dos seus exemplos e perdoar-lhe-ão as faltas e os débitos, à medida que você se fizer benfeitor desinteressado de muitos.



10. Não julgue que o serviço da PAZ seja mero problema de boca; é sim testemunho de Amor e Renúncia, Regeneração e Humildade da própria Vida, porque, somente ao preço do nosso próprio suor, na obra do bem, é que conseguiremos reconciliarmo-nos mais depressa, com os nossos adversários, segundo a lição do Senhor.


Do livro "Mentores e Seareiros" de André Luiz & Francisco Cândido Xavier

Namasté...