O TEMPLO ...



Cada momento que passas contigo, com as tuas coisas, os teus pensamentos, as tuas perguntas é um tempo sagrado.
Tu és um templo.
Toda a estrutura molecular e energética que constitui o teu ser foi feita para ser um templo.
Onde se reza.
Onde se ora, onde se medita.
Onde se interioriza.
 Onde se está, e se respeita esse estar.
Onde se chora e onde se ri, mas sobretudo onde se acredita.
Onde se acredita que tudo vai dar certo, que todos os esforços que foram perpetrados em nome da evolução irão dar os seus frutos e que tu ainda vais ser muito feliz.


Vais ser muito feliz, porque te respeitaste, porque passaste o tempo que era suposto passares contigo próprio, afugentando a ilusão e os fantasmas e encarando a dura e difícil realidade de seres quem és com todas as tuas limitações e desencantos.
Mas também porque admitiste que nesse templo há uma dose incomensurável de fé e de verdade, e que viver nelas é alcançar o reino dos céus.


Cuida para que o tempo que passas contigo seja grandioso.
Cuida de cada detalhe do teu templo.
Cuida do que entra e do que sai.
Cuida do que entra.
A alimentação é muito importante e pode mudar a constituição das tuas células…
e consequentemente da sua frequência vibratória…
e por conseguinte da tua energia.
A energia das pessoas que te rodeiam é também determinante para o teu bem-estar.
Cuida do que sai.
Não saias completamente do teu templo.
Não o deixes abandonado.
 Sai, vai aos outros, mas volta.
Deixa sempre uma estrada.
Nunca te esqueças de deixar a porta aberta.
 Para que possas voltar.
 Para que te dê prazer voltar.
Para que, de uma vez por todas,
deixes de te abandonar como tens feito nestes últimos séculos.


O LIVRO DA LUZ – Pergunte, O Céu Responde,
de Alexandra Solnado


Namasté...

Sem comentários: