14 DE FEVEREIRO 2009 - DIA MUNDIAL DO INDIGO


O que são crianças/adultos índigos ?
Criança Índigo é aquela que apresenta um novo e “incomum” conjunto de atributos psicológicos e mostra um padrão de comportamento geralmente não documentado ainda. Este padrão tem factores comuns e únicos que sugerem que aqueles que interagem com elas (pais em particular) mudam seu tratamento e orientação com objectivo de obter o equilíbrio. Ignorar esses novos padrões é potencialmente criar desequilíbrio e frustração na mente desta preciosa nova vida

Há quem acredite que são «os seres humanos do futuro», quem defenda que chegam à terra «saturadas de uma vibração anímica» que, até agora, não era comum, quem garanta que «sabem quem foram e o que vieram fazer nesta vida». Nancy Ann Tape, uma conhecida parapsicóloga americana, foi quem primeiro as designou como «crianças índigo», depois de ter constatado que era essa a cor da aura que as envolvia. Uma cor azul-índigo que está conotada com o sexto chakra, também conhecido como «terceiro olho». Em termos simbólicos, este é o chakra da percepção consciente da essência, aquele que nos permite ver para além do mundo palpável e nos dota de faculdades psíquicas para podermos perceber os arquétipos. Não será, assim, pura coincidência o fato de as crianças índigo serem particularmente sensíveis, extremamente intuitivas, e que algumas tenham capacidades paranormais. E mesmo que à primeira vista não seja fácil distingui-las no meio das crianças comuns, os entendidos garantem que elas são cada vez mais e que estão espalhadas por todo o planeta. À luz de uma perspectiva mais esotérica, o grande dom destas crianças é essencialmente espiritual. Algumas podem até ser superdotadas em termos cognitivos e/ou de aprendizagens, mas não é isso o que realmente as diferencia das outras. Para quem acredita na teoria da reencarnação, as crianças índigo são velhas almas de regresso ao planeta Terra, cuja missão é transformar profundamente a humanidade e o mundo.

Não se sabe ao certo quando começaram a chegar, mas foram constatados alguns casos nos anos 70 , mas o planeta não tinha estrutura e condições para agregar os índigos que foram massacrados pela sociedade bem solidificada nos seus limites Porém cerca de 90% das crianças que nasceram nos anos 80 foram constatados como índigos, e eles vem nos ensinar muitas lições. Crianças com características jamais catalogadas estão aparecendo, com capacidades além da compreensão que marcam um momento de profundas mudanças na humanidade, sejam elas sociais, educacionais, familiar e espiritual de todo o planeta, independente das fronteiras e de classes sociais.

Tipos de Crianças Índigo:

Humanista: Primeiro, existe o Índigo Humanista que vai trabalhar com as massas. Eles serão os futuros doutores, advogados, professores, vendedores, executivos e políticos. Vão servir as massas e são hiperactivos. São extremamente sociais. Conversam com todos e fazem amizade facilmente. São desastrados do ponto de vista motor e hiperactivo, como dito anteriormente, e de vez em quando, eles vão dar com a cara nos muros, pois esquecem de pisar no travão. Eles não sabem brincar com apenas um brinquedo. Ao contrario, trazem todos para fora e os espalham. Às vezes, não tocam na maioria destes. São do tipo que têm que ser permanentemente lembrados pois frequentemente se esquecem das ordens simples e se distraem. Por exemplo, você pede para eles arrumarem o quarto. Eles começam a arrumar e de repente encontram um livro e começam a ler porque são leitores ferozes.

Conceitual: Os Índigos Conceituais estão mais para projectos do que para pessoas. Serão os futuros engenheiros, arquitectos, projectistas, astronautas, pilotos e oficiais militares. Eles não são desajeitados, ao contrário, são bem atléticos como crianças. Eles têm um ar de controle e a pessoa que eles tentam controlar na maioria das vezes é a mãe se são meninos. As meninas tentam controlar os pais. Se eles são impedidos de fazer isso, existe um grande problema. Este tipo de Índigo tem tendência para outras inclinações, especialmente as drogas na puberdade. Os pais precisam observar bem o padrão de comportamento dessas crianças quando elas começarem a esconder ou a dizer coisas tais como, "Não entres no meu quarto": é exactamente quando os pais precisam se aproximar mais.

Artista: Este tipo de Índigo é muito mais sensível e frequentemente menor em tamanho, embora isso não seja uma regra geral. Eles são mais fortemente ligados às artes. Eles são criativos e serão os futuros professores e artistas. Em qualquer campo que eles se dediquem será sempre pelo lado criativo. Se eles entrarem em medicina, eles se tornarão cirurgiões ou pesquisadores. Quando eles entrarem nas artes, eles serão o actor dos actores. Entre 4 a 10 anos eles podem pegar até 15 diferentes artes criativas - fazer uma por cinco minutos e encostar. Portanto, se diz às mães de artistas e músicos, "Não compre instrumentos, mas alugue". O Índigo Artista pode trabalhar com até 5 instrumentos diferentes e então, quando eles entrarem na puberdade, escolherão um campo e se empenharão para se tornarem artistas nessa especialização.

Inter dimensional: O Índigo Inter dimensional é muito maior do que os demais Índigos, do ponto de vista de estatura. Entre 1 e 2 anos de idade você não pode dizer nada para eles. Eles dizem: "Eu já sei. Eu posso fazer isso. Deixe-me sozinho". Eles serão os que trarão novas filosofias e espiritualidade para o mundo. Podem ser mais valentões porque são muito maiores e também porque não se encaixam no padrão dos outros três tipos.

Características das Crinças Índigos.

Tem alta sensibilidade.
Tem excessivo montante de energia.
Distrai-se facilmente ou tem baixo poder de concentração.
Requer emocionalmente estabilidade e segurança de adultos em volta dela.
Resiste à autoridade se não for democraticamente orientada.
Possui maneiras preferenciais no aprendizado, particularmente na leitura e matemática.
Podem se tornar frustrados facilmente porque têm grandes ideias, mas uma falta de recursos ou pessoas para assistirem pode comprometer o objectivo final.
Aprendem através do nível de explicação, resistindo à memorização mecânica ou serem simplesmente ouvintes.
Não conseguem ficar quietas ou sentadas, a menos que estejam envolvidas em alguma coisa do seu interesse.
São muito compassivas; têm muitos medos tais como a morte e a perda dos amados.
Se elas experimentarem muito cedo decepção ou falha, podem desistir e desenvolver um bloqueio permanente.

A Saúde dos Índigos

Existem duas disfunções claramente associadas aos Índigos: ADD (Attention Deficit Disorder) Desordem de Déficit de Atenção e ADHD (Attention Deficit Hyperactive Disorder) Desordem Hiperativa de Déficit de Atenção. Os Índigos são frequente e erradamente diagnosticados como ADHD ou ADD porque se recusam a obedecer.

Dizemos que a rebeldia faz parte do espírito da criança e nós aplaudimos a rebeldia deles. No entanto, quando a rebeldia está muito evidente nas crianças, nós damos drogas a elas (Ritalin é a droga mundialmente usada).
Nem todos os Índigos são ADD ou ADHD.
Nem todas as crianças com ADD ou ADHD são Índigos.
Estimam que existem de 3 a 5 milhões de crianças ADHD. Se adicionarmos aquelas com deficiência de aprendizado, o quadro pode chegar a 10 milhões de crianças ou mais.

Qual a missão e importância dos Índigos?

Estão cá para ajudar na transformação social, educacional, familiar e espiritual de todo o planeta, independentemente de fronteiras e de classes sociais. São catalisadores desencadeando as reacções necessárias para a transformação. Eles possuem uma estrutura cerebral diferente no que toca ao uso da potencialidade dos hemisférios esquerdo, menos desenvolvido, e direito, mais desenvolvido. Isso quer dizer que elas vão além do plano intelectual. Elas exigem do ambiente à sua volta certas características que não são comuns nas sociedades actuais.

Como se relacionar com um Índigo .

É nossa tarefa amá-los incondicionalmente, apoiá-los e encorajá-los em suas explorações e ajudá-los a descobrir seu propósito de estarem aqui e a exercerem os papéis que lhes são apropriados.

Namasté...

Sem comentários: